voltar acima

ESTACIONÁRIO DE CASAMENTO, O QUE É?

ESTACIONÁRIO DE CASAMENTO

 

Para quem não é designer gráfico, a palavra estacionário é pouco habitual e nada romântica. No entanto, significa apenas o conjunto de peças que compõem a vossa comunicação no casamento, estando presente desde o primeiro momento da organização até ao fim da celebração.

O estacionário de casamento é o conjunto de elementos em papel que contém a vossa identidade gráfica, pode começar num “reserve esta data”, passa pelo convite que anuncia o tão desejado dia e termina nos cartões de agradecimento que gentilmente enviamos a cada convidado.

Pelo meio, pode incluir ainda todo um conjunto de elementos (o mapa, o missal, o programa, o plano de sala, a ementa, os marcadores de mesa, os marcadores de lugar, etiquetas para as ofertas aos convidados, etc., etc.). Pode ser composto por um maior ou menor número de elementos, dependendo do vosso orçamento disponível e do estilo de festa que estão a planear.

Vamos fazer um pequeno resumo, para cada etapa: anúncio do casamento, cerimónia, festa e pós-festa.

 

 

estacionario-de-casamento

 

O ANÚNCIO DO CASAMENTO

Reserve esta data ou Save the date, antecede o convite, e é uma forma de informar os convidados que algo especial vai acontecer, para que possam reservar, desde logo, a vossa data na agenda. Pode ser particularmente importante quando escolhem uma data muito concorrida, como um feriado importante ou muito festivo.

Embora o uso do Save the date não esteja enraizado na nossa cultura, cada vez há mais noivos a incluírem esta peça.

 

Convite é a primeira impressão do dia que estão a planear e marcará a vossa imagem gráfica. Informa todos os convidados que irão formalizar o vosso Amor e que querem com eles partilhar esse momento. O convite deve ser desenhado à vossa imagem, reflectindo a vossa identidade enquanto casal. O primeiro passo é decidir que tipo de convite  melhor vos representa e se enquadra no orçamento disponível.

No artigo anterior falámos sobre os diferentes tipos de convites disponíveis. Recomendamos que confiem no profissional que contratarem e conversem sobre o que têm em mente. O vosso objectivo é o mesmo do profissional em quem confiaram: ouvir um sorridente “que bonito, é mesmo a vossa cara!”.

 

Este convite pode vir acompanhado do cartão de detalhes e/ou de um mapa:

– o cartão de detalhes é um cartão que contém informações adicionais como moradas e contactos, ou outras que possam ser relevantes;

– o mapa ilustra o percurso entre o local da cerimónia e o local da recepção, ou, caso tudo ocorra no mesmo espaço, as direcções de vários pontos-chave até ao local do evento.

 

Estas peças obedecem à mesma linguagem, mas não serão duplicados do grafismo do convite. A harmonia da identidade é o fio condutor que ligará todos os elementos, criando o conjunto.

 

 

estacionario-de-casamento

 

A CERIMÓNIA

Mensagem de boas-vindas ou sinalética que indica onde se vai realizar a cerimónia.

Missal ou guia da cerimónia, é um livrinho com as leituras, músicas e programa da cerimónia, para que os convidados possam acompanhar tudo com mais detalhe.

Votos, palavras materializadas num livrinho ou numa folha que funcionará como uma cábula que dá suporte aos nervosismo do momento.

Cones, saquinhos ou cestos para o arroz ou para as pétalas ou folhas, opções mais amigas do ambiente.

 

 

Menu e marcador de lugar por A PAJARITA

 

A FESTA

Todas as festas são diferentes, tal como os noivos, e todas elas têm pedem, igualmente, soluções diferentes.
Imaginemos, por exemplo, um almoço tardio numa bonita e acolhedora sala. Estas são as peças de estacionário que sugerimos:

mensagem de boas-vindas, que pode ser a mesma que usaram à porta da igreja, ou feita de propósito para o novo espaço;

seating plan, plano de sala ou placard de distribuição das mesas, é o plano da sala, onde estão listadas as mesas (identificadas com um número, nome ou imagem), e todos convidados (identificados pelo seu nome próprio ou nome e apelido). Esta peça, que pode ter muitos formatos, indica quem se senta em que mesa;

marcador de mesa é a peça que identifica a mesa, ajudando o convidado a localizar o seu lugar;

marcador de lugar identifica o lugar específico reservado para cada convidado, podendo incluir uma mensagem de agradecimento pela sua presença e/ou uma pequena oferta;

ementa apresenta a refeição que o casal escolheu para partilhar com os seus convidados. Pode ser colocada de forma individual ou um ou dois exemplares por mesa;

sinalética, é toda a informação que ajuda a identificar uma zona, percurso ou plano do dia;

livro de honra, livro de mensagens ou de fotografias, são álbuns destinados à criação e registo de memórias escritas e visuais;

mensagens incentivadoras, são pequenas mensagens que servem para estimular os convidados a realizar uma determinada acção, como tirar uma Polaroid para o livro de fotografias ou escrever uma mensagem no livro de honra;

etiquetas para lembranças, que podem conter só o vosso nome e a data do casamento, ou incluir uma mensagem de agradecimento aos convidados, no caso de não ser possível enviar um cartão de agradecimento no regresso da lua-de-mel.

Numa época onde temos tudo à nossa disposição, esta oferta pode ser solidária, um pequeno e gentil gesto em nome de cada convidado. Será certamente muito apreciado pelos convidados!

 

 

noivos A PAJARITA

 

NO PÓS-FESTA

cartão de agradecimento, um bonito gesto de reconhecimento do contributo indispensável dos vossos convidados para que o vosso dia fosse tão bonito e memorável;

álbum fotográfico, a primeira página deste livro de memórias pode ser fiel a toda a vossa linha gráfica,  planeada com tanto cuidado. Esta imagem é criada digitalmente e enviada para os profissionais que produzirem o álbum fotográfico.

 

Aposto que a palavra estacionário acabou de ficar muito mais bonita! Para criarem algumas destas peças aqui descritas ou até outras distintas, falem com o vosso profissional escolhido. O seu design gráfico pode ser diferenciador, original e ir além das formalidades mais comuns. Cada peça pode ser significativa e admirada por cada convidado e, no seu conjunto, contam a vossa bonita história!

 

Fecho com as palavras sábias da Maia João Soares, da Design Events, que organiza e decora casamentos bonitos e tem uma larga experiência nestes assuntos de casar:

“A papelaria…

Podem dizer que agora é tudo digital, mas não me queiram convencer! Nada mesmo, porque um bonito convite é como receber uma pequena jóia em papel. Feita especialmente para vocês, um reflexo da vossa personalidade e como vão querer viver o vosso dia. Não comprem cópias manhosas, gastem bem o vosso dinheiro e dêem-se o direito de ter o melhor. Escolham um profissional, não um amador. O resultado estará à vista, na palma das mãos e no sorriso dos vossos convidados!”

 

 

Texto escrito com a preciosa ajuda de Susana Esteve Pinto.

Fotografias do casamento Dina e Martinho com fotografias de Atmosphere Photography.

Estacionário de Casamento, o segundo artigo da serie “Preparar o caminho, descomplicando-o” – um texto curto e esclarecedor todas as semanas e publicado no Simplesmente Branco.

Submeter comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.