voltar acima
o-que-escrever-no-convite-por-A-Pajarita

O TOM DO CONVITE DE CASAMENTO

FORMAL OU INFORMAL: O QUE ESCREVER NO CONVITE

 

A data está marcada e ansiedade de ver os primeiros detalhes materializados está ao rubro. Chegou o momento de fazer os convites de casamento!

O convite é a primeira impressão do dia que estão a planear, é o início da história que vão contar e define aquela que será a vossa imagem gráfica. Informa a família e os amigos – os vossos convidados – que irão dar este passo importante, formalizando o vosso Amor, e que será com cada um deles que irão partilhar esse momento.

O convite deve ser desenhado à vossa imagem, reflectindo a vossa identidade enquanto casal. O primeiro passo é decidir que tipo de convite  melhor vos representa e se enquadra no orçamento disponível. De seguida, escolhemos o tipo de papel, as cores, o tipo de letra e o desenho que melhor vos representa.

Se até agora estivemos a falar da forma, chegamos agora ao conteúdo: que tipo de texto vamos escrever no convite?

Tal como a componente visual, o tom do texto deve reflectir sempre o estilo de casamento que estão a planear. Existem, grosso modo, três tipos de texto – obviamente, com todas as suas nuances: formal e rigoroso do ponto de vista protocolar,  informal (o mais comum), e descontraído (que pode incluir brincadeiras com as palavras e até algum humor).

A diferença na tipologia do texto vai além do tom. Tem também influência na quantidade de texto e na sua paginação, influenciando o tamanho do próprio convite. Devemos ter sempre em conta o espaço branco, o parceiro quase invisível que acrescenta a leveza e delicadeza a todos os objectos e ambientes.

 

 

o-tom-do-convite-de-casamento

 

 

Se estão a planear um casamento formal, para o qual são os pais dos noivos a convidar (pagando a festa ou não), podem optar pela seguinte estrutura tradicionalmente clássica:

– frase introdutória

– nomes dos pais dos noivos

– frase sobre o tipo de evento, como por exemplo: “Têm a honra de convidar V. Ex.a(s) a assistir ao casamento dos seus filhos”

– nomes do Noivos

– data, local e horário da cerimónia

– local da festa

– Confirmação ou RSVP com data e os contactos para o qual os vossos convidados devem confirmar a sua presença. Esta última linha aplica-se apenas nos modelos de convite que não incluam adicionalmente um cartão de detalhes ou um RSVP.

 

 

o-tom-do-convite-de-casamento

 

 

Se o vosso plano é um casamento mais informal,  podem optar por colocar uma citação que vos inspire, um poema ou mesmo uma frase escrita por vocês.

Neste caso, são os noivos a convidar, retirando o nome dos pais:

– nome dos noivos

– frase sobre o tipo de evento, como por exemplo: “Temos o prazer de vos convidar para o nosso casamento”

– data, local e horário da cerimónia

– local da festa

– Confirmação ou RSVP com data e os contactos para o qual os vossos convidados devem confirmar a sua presença. Esta última linha aplica-se apenas nos modelos de convite que não incluam adicionalmente um cartão de detalhes ou um RSVP.

 

 

estacionário-informal-por-A-Pajarita

 

 

Se a vossa intenção é algo mais descontraído,  podem optar por um convite informal, apenas com a informação essencial:

– nome dos Noivos

– frase sobre o tipo de evento, como por exemplo: “Vamos casar!”

– data, local e horário da cerimónia

– local da festa

– Confirmação ou RSVP com data e os contactos para o qual os vossos convidados devem confirmar a sua presença. Esta última linha aplica-se apenas nos modelos de convite que não incluam adicionalmente um cartão de detalhes ou um RSVP.

 

estacionário-descontraído-por-A-Pajarita

 

 

Estes exemplos são apenas isso mesmo, uma certa norma que organiza a informação. No entanto, estes formatos não são estanques, são guias, não se esqueçam disso.

Com todos estes detalhes definidos deixem a imaginação voar e criem ou dêem liberdade para o vosso fornecedor criar o convite que melhor vos representa. Mostrem a vossa personalidade, alinhem-na com o vosso plano de festa, desprendam-se de ideias pré-feitas e confiem no vosso fornecedor escolhido, que dará o melhor de si para vos interpretar e surpreender!

 

Um texto escrito com a imprescindível ajuda de Susana Esteves Pinto.

Comentários

Submeter comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.