voltar acima
tema-ou-conceito-no-seu-casamento-by-A-Pajarita

TEMA OU CONCEITO?

Hoje trago-vos uma dúvida recorrente – ou será que posso chamar-lhe o primeiro entrave à organização do casamento?

 

Falo-vos do tema, muitas vezes um redutor substituto de outra coisa muito mais interessante, que é um conceito.

 

É absolutamente normal que os noivos se sintam atrapalhados no início dos preparativos. Afinal, organizar o casamento começa com uma folha em branco (ou um frio documento de Excel) e o que lá colocar é uma incógnita, com tantos desafios, é preciso agradar a muitos, gerir uma fatia de dinheiro que se poupou com tanto cuidado e saber o que escolher, com confiança, sem deixar nada esquecido!

Muito noivos sentem-se inseguros ou presos a temas e inspirações pré-definidas, como um farol que os guia nas escolhas e tomadas de decisão.

Ora estas ideias generalistas (e que pertencerão a outras cabeças, outras vidas, outras histórias de amor), nada dizem sobre o casal, a sua personalidade, gostos, vivências e, sobretudo, a sua história. Ainda que sejam conceitos populares, como viagens, praia, música ou outros, que podem ser explorados, claro, nem sempre são as escolhas mais adequadas. Podemos gostar muito de música (quem não gosta?), mas será ela nos define realmente?


É preciso tema para criar um convite, um ambiente e a decoração?

A meu ver, não.

Faz sentido, sim, escolhermos um conceito, que parte de uma inspiração, e se expande num conjunto de texturas, numa paleta de cores… Um conjunto de palavras, uma sensação. Tudo que nos remete a vocês, à vossa essência, ao que são, ao que vos define.
Em vez de se focarem no tema música, pensem naquela música que vos liga de uma forma intensa e imediata a uma maravilhosa memória, a tudo o que ela vos faz sentir, a história que ela conta, o momento que se repete…

Estes aspectos podem ser o mote para o vosso casamento. O seu título nem precisa de aparecer, mas pode ser a música que abraçará um momento importante, de destaque no vosso dia como o final da cerimónia, seja religiosa ou civil, a primeira dança ou mesmo o corte do bolo.

 

 

tema-ou-conceito-no-meu-casamento

 

 

Como posso encontrar a inspiração, o conceito?

O mais importante é não se perderem na inspiração de outros, dediquem tempo para conversarem e reflictam no que são como um todo e como pessoas individuais.
Podem começar por escrever numa folha ou mesmo num guardanapo enquanto tomam uma bebida numa esplanada quem são, juntos e em separado, gostos, experiências inesquecíveis, momentos marcantes… Certamente terão em vossa casa objectos especiais, que guardam memória de momentos singulares e transformadores na vossa relação.

Quanto mais pessoal for esta capacidade de ver e interpretar o que vos rodeia e aconchega, mais curto será o caminho para a ideia certa e perfeita.

As possibilidades são infinitas. Já conheci noivos que se inspiraram no seu quadro favorito, no seu interesse profissional , numa paixão comum que partilham, no jardim da mãe

 

 

tema-ou-conceito-no-casamento

 

 

Não temam pelas vossas escolhas, mesmo que as achem muito peculiares ou até sem nexo para os outros. Um bom criativo olhará para os vossos argumentos, ideias, palavras, objectos com clareza e uma capacidade imensa de, a partir dessa bonita faísca, desenvolver um conceito e um produto ou serviço final que é a vossa cara.

Não tenham receio e, acima de tudo, sintam-se livres, não aprisionem a vossa imaginação com as ideias dos outros. Não se sintam pressionados pelo caminho aparentemente mais fácil e simplista.

Partilhem as vossas ideias com entusiasmo com os vossos fornecedores e deixem a imaginação voar, tenho a certeza que todos aqueles que escolheram para concretizar o vosso dia mais bonito estarão de coração e de braços abertos à vossa inspiração e muito empenhados em superar as vossas expectativas!

 

 

TEMA OU CONCEITO?, um texto escrito com a ajuda habitual da imprescindível Susana Esteves Pinto.

 

 

Ficha técnica das fotos realizadas para ilustrar TEMA OU CONCEITO?:

Primeira foto

  • vestido Rara Avis,
  • fachada de Quinta da Penalva pelos Passionate,
  • ramo de Noiva da A PAJARITA pelos Reticencias,
  • macarons de Valerie Huang,
  • serviço de copos de Anthropologie.

Segunda foto

  • vestido Bo&Luca,
  • aguarela d’A PAJARITA
  • toucado de Siren Floral Co.
  • mesa fotografada por Bethany Small Photo

 

Submeter comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.